Perda de peso saudável: Quanto é possível em um mês sem reduzir a massa magra?

Quantos quilos é possível perder em um mês sem riscos de “efeitos colaterais”? Ou seja, quão rapidamente posso me aproximar do peso ideal sem prejudicar a massa magra?

Perder peso de forma “correta” implica em criar um déficit calórico, isto é, consumir menos calorias do que as queimadas. Importante é focar na perda de gordura, não apenas de peso, pois a desidratação também pode levar à perda de peso, mas não é o objetivo desejável para quem busca saúde e forma a longo prazo. Uma redução de peso razoável seria de 2 a 3 quilos por mês. Perder mais de 3 quilos muitas vezes significa reduzir significativamente também a massa magra. Assim, se o peso cair rapidamente, deve-se questionar: o que realmente foi perdido? Além de gordura, pode-se perder líquidos em excesso, o que não é necessariamente ruim, mas há também o risco de perder massa muscular. Esse risco aumenta quanto mais rápida for a perda de peso, especialmente se não for acompanhada de exercício físico adequado.

O inverno é a melhor época para perder peso? Embora a perda de peso requeira um déficit calórico, uma dieta de baixa caloria não é compatível com a busca por alto desempenho em treinos e competições. Portanto, o inverno ou períodos de transição e fora de temporada são ideais para tentar alcançar o peso ideal, já que não há a necessidade de comprometer as necessidades de treinos intensos.

De qualquer forma, é sempre essencial adotar uma alimentação equilibrada e, possivelmente, o acompanhamento de um especialista, sem eliminar completamente os carboidratos, como alguns acreditam.