muhammad ali

A bike que fez um menino se tornar Muhammad Ali

Na última noite (3 de junho de 2016) faleceu nos Estados Unidos Muhammad Ali. Mais que uma lenda do boxe (The Greatest), um dos maiores ícones da luta pelos direitos civis. A maioria sabe a sua história de batalhas tanto dentro como fora dos ringues, mas o que poucos sabem é que uma bicicleta está relacionada ao seu início no esporte.

mohammad-ali-01

Era uma tarde de outubro de 1954 e ele tinha apenas 12 anos de idade. Na época, quando ainda se chamava Cassius Clay, era dono de uma bike Schwinn vermelha e tinha ido pedalando com um amigo a um evento no Columbia Auditorium. Quando saiu do local sua magrela não estava mais lá, tinha sido furtada. Alguém disse a ele que no ginásio do auditório havia um policial. O garoto foi até lá e encontrou o oficial Joe Martin que, além de ser policial, era também treinador de boxe. Contou a ele o que tinha acontecido e ameaçou bater em quem tivesse levado sua querida bicicleta. Após ouvir o irritado menino, Martin perguntou a Clay, “E você sabe lutar?” O garoto disse “Não, mas eu vou brigar de qualquer jeito”. Então o treinador sugeriu “Porque você não aprende um pouco a lutar antes de fazer qualquer desafio precipitado?”

mohammad-ali-02

Martin se tornou seu primeiro treinador e seis semanas depois Cassius participou de um evento televisionado por um programa local chamado Tomorrow’s Champions. Foi sua primeira luta e ele venceu no ringue o também garoto Ronnie O’Keefe.

Ele nunca encontrou o ladrão da sua bicicleta, mas a partir daquele roubo que sua carreira gloriosa teve início. Conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Roma, em 1960, foi três vezes campeão mundial dos pesos pesados e é considerado o maior pugilista da história do boxe.

mohammad-ali-03

Em 1965 se converteu ao islamismo e mudou seu nome de Cassius Clay para Muhammad Ali, como ficou eternizado.

Enfrentou por 32 anos uma batalha contra o Mal de Parkinson e faleceu aos 74 anos em decorrência da paralisia causada pela doença. O mundo presta homenagens a Ali. Nunca será esquecido.

mohammad-ali-04
Foto: Divulgação/Universidade de Louisville